Dos acordes de uma guitarra imaginária, os pensamentos de um guitarrista sem dedos para a tocar

terça-feira

Por onde é que andas Emmet?

Ui!

Não sei realmente o que pensar desta música, há qualquer coisa que eu gosto muito e qualquer coisa que não faz o meu gosto totalmente, e no entanto sei que ela vai fazer parte da minha vida, pelo menos nos próximos anos... estranho... deveras estranho...

3 comentários:

Pusinko disse...

Pois eu gostei e não sei bem como ou porquê. Só sei que sim.
A voz, o estilo... :)

Miguel Bordalo disse...

Há qualquer coisa há...

Isabel garcia fernandes disse...

Desde Novembro que não escreves nada, o que se passa?