Dos acordes de uma guitarra imaginária, os pensamentos de um guitarrista sem dedos para a tocar

terça-feira

Ouvir música



Tenho uma relação de amor dependência com música. Não gosto quando não posso trabalhar a ouvir música. É estranho e parece-me acima de tudo banal. Não há nada de banal em Edward Sharpe & the Magnetic Zeros. A música Mother é qualquer coisa de especial, e lembrou-me a minha mãe, que eu também tenho como garantida e não lhe dou o valor que ela merece, já que ela é realmente a mulher mais incrível que eu tive o prazer de conhecer. Ela é só amor e comédia. Amor e comédia...

2 comentários:

Joana Sà Machado disse...

Jurei a mim mesma que não ia comentar aqui nada. Mas pela maternidade descrita não consigo não comentar. Vida longa às Mães. Mesmo as que não estão cá. beijo na tua :)
(o diálogo sobre o casaco da abelha, caramba, é delicioso).

Miguel Bordalo disse...

"Only a Sith deals in absolutes."

Já dizia o meu querido Obi Wan Kenobi.

As mães são as maiores.