Dos acordes de uma guitarra imaginária, os pensamentos de um guitarrista sem dedos para a tocar

terça-feira

Há dias




Há dias em que eu não consigo fazer com que me entendam, há outros dias em que não me parece possível que alguém me entenda. Hà dias em que a luta é quase impossível para sequer tentar.

É uma luta. Estou a tentar...

1 comentário:

Anónimo disse...

Eu sei que tu és capaz! Eu acredito em ti!

Beijinhos