Dos acordes de uma guitarra imaginária, os pensamentos de um guitarrista sem dedos para a tocar

sábado

AH! Uma semana depois...


Uma semana bem difícil com mudança de casa, umas dores de costas que só me passaram hoje, não porque levei sofá, armários, frigorífico, e toda a espécie de objectos pesados. Não! A razão para eu estar todo partido?
- Um jogo de futebol.
 Porquê?
- Porque estou velho.
 Como assim?
- Raios, nem é da idade. É o corpo mesmo.
 E a música?
- Tenho andado a descobrir umas coisas, e o que vale é que mesmo cheio de dores de costas, umas pessoa sempre se vai divertindo...

2 comentários:

Joana disse...

Quando o divertimento é grande até nos esquecemos das dores de costas. :P

Beijinhos

Miguel Bordalo disse...

Sem dúvida Joana! Sem dúvida.