Dos acordes de uma guitarra imaginária, os pensamentos de um guitarrista sem dedos para a tocar

quinta-feira

Não acho



Não. Não acho mesmo nada que esteja a gostar menos dele... Epá. Pronto. Toca muito. Bem acompanhado. Keep your head up! Keep your heart strong!

Sem comentários: