Dos acordes de uma guitarra imaginária, os pensamentos de um guitarrista sem dedos para a tocar

quarta-feira

No Mas Cerbeja



As incertezas... o consumo da incerteza. EU gostava de não estar cansado hoje. Gostava de estar tranquilo. Gostava de saber que daqui a um ano eu sabia exactamente onde ia estar. E não sei.

O que é fácil? Para mim, relaxar é ter uma cerveja na mão e uns salgadinhos. Isso terminou hoje, pelo menos ao ritmo que andava a fazer. Não estava para alcoólico sequer, mas porra, a cerveja não me estava a ajudar a relaxar, acho que me ajuda a não parecer eu nas minhas saídas. Portanto, e daí, três se guiar, cinco se não guiar. Ou mesmo nada. Andar mais sóbrio.

Sim é sempre triste Nils Petter Molvaer, é sempre triste...

1 comentário:

Joana disse...

Esta música hoje deve estar a combinar com o teu estado de espirito. Olha vai apanhar umas ondas que isso passa ;)

Beijinhos